Caminho de Espinhos

 
E quem um dia eu pensei ser a estrada, não passou de um atalho que do início ao fim tinham espinhos engrenhados e no derradeiro fim havia apenas um abismo colossal onde habitaram criaturas irrisórias, sanguessugas e nômades que sempre voltam para o abismo sem que verdadeiramente estejam interligados.

(BRUNO LANDE

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lista de Músicas do PES 2011